O crescimento dos sistemas de integração nas grandes empresas

A evolução tecnológica, e o aquecimento aliado ao desaquecimento da economia, fez aumentar a oferta de crédito e o alcance de novos mercados estão entre os fatores que elevam significativamente a competitividade das empresas. Para continuar crescendo, a maioria das empresas precisam ter gerenciamento adequado de recursos, dados e processos. Um dos caminhos para isso é a adoção de soluções de ERP Enterprise Resource Plannig, isto é, um  sistema de gestão empresarial. O ERP nada mais e que um sistema que pode ajudar o negócio. Uma empresa que lida com vários sistemas, um para lidar com contas a pagar, um para folhas de pagamento, um para controle de vendas, um para gerenciar impostos, um para analisar metas e desempenho, e assim por diante. Em vez de usar um monte de softwares isolados, um para cada departamento da companhia, não seria mais eficiente contar com uma integração entre eles, de forma que todos fizessem parte de um sistema unificado, e é  justamente isso que uma solução de ERP oferece. Fonte: https://betalabs.com.br/produtos/erp-cloud/

Com um único sistema integrando todos os departamentos, ou  pelo menos os mais importantes, a comunicação interna se torna mais fácil e menos cara para os custos da empresa. O departamento financeiro, por exemplo, pode saber rapidamente quanto dinheiro destinar à quitação de impostos e quanto direcionar ao pagamento de funcionários, de acordo com as informações que o setor de recursos humanos (RH) disponibilizar no sistema. Da mesma forma, o chefe do departamento pode avaliar o desempenho de um funcionário e discutir junto ao gerente de RH quanto a empresa pode lhe oferecer de aumento. Já o departamento de marketing, consultando o controle de vendas, pode identificar um produto que não está tendo boa saída e desenvolver uma nova estratégia para reverter o quadro, ao mesmo tempo em que verifica se a verba disponibilizada é suficiente para esse trabalho.

Em várias circunstâncias a integração de sistemas se mostra vantajosa. Perceba ainda que, com sistemas distintos, cada setor teria mais dificuldade para se comunicar com outros. Isso resulta em menos produtividade, mais gastos e até em perda de competitividade. Além disso, sem um sistema de ERP, a empresa tem que lidar com muitos fornecedores de software, o que aumenta custos com licença, suporte técnico, servidores, treinamento, entre outros. Portanto, é preciso entender o quanto é importante ter um sistema de gestão para facilitar a vida das empresas, diminuindo custos, tornando assim a comunicação mais eficiente, ajudando na tomada de decisões, permitindo uma apuração mais precisa do que está acontecendo na empresa. Por esse motivo, muitas empresas consideram este tipo de software imprescindível às suas atividades.